Aulas

Aulas de canto e aulas de guitarra-jazz

O cantor e guitarrista Ricardo Baldacci abriu vagas de aula de canto e guitarra em grupo e individuais. O foco é a linguagem do Jazz e do Blues.

Aula de canto: uma abordagem 100% prática, de formação de repertório e interpretação. Os alunos gradativamente aprendem mais sobre a linguagem do jazz à medida que passam a ter domínio da melodia, letra, rítmo, forma e assim desenvolvem afinação e técnica.

O objetivo é que após 1 ano de aula os alunos estejam aptos a conseguir realizar uma apresentação com banda de maneira semi-profissional.

Aos interessados em aula de guitarra jazz, o estilo abordado será o Swing. Os alunos serão apresentados, também através de canções, às diferentes formas de condução rítmica, acordes e aos recursos de improvisação, seguindo a tradição de como guitarristas de jazz consagrados enxergam seus instrumentos.

O objetivo é abordar a guitarra de uma forma direta, sem mistérios, usando todos os recursos para fazer música. Sem exercícios que não tenham uma aplicação objetiva e pragmática. Aulas em São Paulo Capital, perto do metrô Brigadeiro.

Sobre o Ricardo Baldacci

Nascido em 17 de março de 1978, o paulistano, Ricardo Allan Baldacci, quando criança, ouvia, por influência de seus pais, muitos discos interessantes: Sinatra, Duke Ellington, Ray Charles, Elvis, Beatles e Bossa Nova. Na infância, seu interesse por música também era divido por outros tipos de Artes, principalmente Desenho e Cinema. Gostava de reproduzir os traços de quadrinhos norte-americanos e possuía um acervo de quase 200 títulos de VHS em sua casa (foi assim que aprendeu a falar inglês antes dos 10 anos). Cresceu gostando de coisa boa e começou a estudar música no início de sua adolescência. Sua predileção sempre foi pelo Jazz e Blues. Inicialmente, foi influenciado por B.B.King, Eric Clapton e Stevie Ray Vaughan, além dos clássicos do Soul Music. Depois, recebeu fortes influências do trio de Nat King Cole, John Pizzarelli, Frank Sinatra, Charlie Christian e Barney Kessel que determinaram o seu estilo musical. iniciou seus estudos de música com 13 anos de idade. Carlos Queffren foi seu primeiro professor de guitarra, a partir daí, Ricardo começou a estudar por conta própria a linguagem do Blues e do Soul.

Na idade de 19 anos, apaixonou-se pelo jazz. Estudou no Conservatório Musical Souza Lima em São Paulo e fez aulas com Michel Leme. Anos mais tarde, estudou brevemente com os professores Conrado Paulino, Fábio Leão, Adriano de Carvalho, Pedro Simão e Joseval Paes. Fez Master Classes com o clarinetista Max Carling e com a lenda do jazz, o guitarrista Bucky Pizzarelli. Também foi aluno do cantor de ópera Luiz Alberto Faria. De 2009 em diante passou a estudar profundamente a estética do Swing Jazz. Ricardo iniciou suas apresentações musicais regulares em 2005, na cidade de São Paulo, já com o repertório de Swing Jazz. Liderou dois quartetos o Four of Jazz (com Milton Bigi na bateria, Lúcio Gregori ao piano e Paulo Rapoport no baixo) e o Full House com (Dálio Sahn ao piano, Expedito Vidal na bateria e Noboyuki Miyagawa no baixo). Apresentou-se regularmente no período de 2005 à 2009 nos bares de jazz All of Jazz e O Bar. Foi apadrinhado neste período de começo de carreira pelo gaitista brasileiro, lenda do jazz e música instrumental brasileira, Omar Izar. Em 2010, começou um trabalho de trio sem bateria ao lado de Ricardo Ramos no baixo acústico e o maestro Roberto Bomílcar ao piano, chamado de Ricardo Baldacci Trio (formação de guitarra/voz, piano e baixo-acústico). O grupo gravou um CD independente, com apenas 4 meses de formação, chamado Songs to Swing and Love. O disco recebeu críticas positivas de nomes importantes como os músicos John e Martin Pizzarelli e do radialista e jornalista Paulo Mai. No segundo semestre de 2011, com Hercules Gomes ao piano e Ricardo Ramos no contrabaixo, Ricardo Baldacci gravou, também de forma independente, a título de divulgação de seu trabalho, um DVD de tributo ao trio de Nat King Cole com o nome de Hello, Mr. Cole. O material também recebeu muitos elogios e abriu as portas para que o trio se apresentasse em festivais de jazz internacionais e iniciasse uma série de apresentações no interior de São Paulo nos SESIs. À frente do Ricardo Baldacci Trio, se apresentou em diversas cidades no interior de São Paulo e Minas Gerais, além de ter sido atração no Festival Internacional de Jazz em Assunção/Paraguai (dos mesmos organizadores do antigo Free Jazz Festival), no 30o. Aniversário do Festival de Herrang Dance Camp na Suécia (o maior e mais tradicional Festival de Lindy Hop do mundo), o BSOE em São Paulo e algumas participações especiais no LHAIF em Buenos Aires em 2013. O trio também foi atração da rádio USP por duas vezes. No segundo semestre de 2013, Ricardo produziu e lançou o álbum ‘Tain’t what you do, it’s the way that you do it’, seu primeiro disco com distribuição nacional e internacional (Tratore). O projeto contou com a preciosa colaboração de Bill Moss, um dos mais respeitados produtores e engenheiros de som na linguagem do jazz, do lendário Nola Studios de Nova Iorque. O trabalho também contou com a participação do trio vocal sueco, The Hebbe Sister. Neste CD, o cantor/guitarrista resume suas recentes apresentações, com clássicos e composições autorais. O projeto foi apadrinhado pela família Pizzarelli, atraindo elogios do patriarca da guitarra Bucky e do contrabaixista Martin. Este material foi atração na Rádio Eldorado (JazzMasters e A Cara do Jazz) e USP FM (Jazz Caravan)em 2013. Além disso, o CD recebeu menção e críticas positivas em uma série de veículos, entre eles os jornais O Globo (Rio de Janeiro/RJ), A Tarde (Salvador/BA) e Hoje em Dia (Belo Horizonte/MG). Atualmente, Ricardo Baldacci, lidera o Ricardo Baldacci Trio e faz shows da turnê do seu novo álbum, Brothers in Swing (2015). que gravou em Nova Iorque ao lado das lendas do jazz Bucky Pizzarelli, Martin Pizzarelli e Konrad Paszkudzki. Ricardo também se apresenta regularmente em eventos de Lindy Hop e espaços para shows como os circuitos do SESC, SESI e Festivais de Jazz. A respeito de sua formação acadêmica. possui um bacharelado em Comunicação e pós graduação em Pesquisa de Mercado pela ESPM-SP e um mestrado incompleto em Psicologia Experimental pela PUC-SP. Como experiência docente, Ricardo foi professor da Pós-graduação em Marketing do Instituto de Economia da UNICAMP e professor da graduação do curso de Pesquisa de Mercado da ESPM-SP.

Anúncios