Ricardo Baldacci lança novo projeto ‘Spot on Swing’ em 2018 com Martin Pizzarelli e Larry Fuller

Spot on Swing é o nome do projeto que reune o cantor/guitarrista Ricardo Baldacci, o contrabaixista acústico, Martin Pizzarelli e o pianista Larry Fuller. O trio sem bateria, a-la Nat King Cole, interpreta os clássicos do Swing, estilo popular de jazz, que foi base para difusão do cancioneiro popular norte-americano e celeiro para grandes improvisadores do estilo.
Em fevereiro de 2017 Baldacci, Fuller e Pizzarelli se reuniram numa tarde no estúdio de gravação Trading 8s em NJ, para, sem compromisso, gravarem algumas faixas na companhia do engenheiro de som ganhador do Grammy, Bill Moss. O ‘Spot on’ que integra o nome do trio batizado por Martin, faz menção ao momentâneo e espontâneo, pois foi desta forma que se deu o encontro inicialmente não programado entre amigos que decidiram o repertório, criaram os arranjos e gravaram várias faixas em três horas.
O grupo é uma consequência do álbum Brothers in Swing, feito em Nova Iorque em 2015, que contava também com Baldacci como líder, o pianista australiano Konrad Pazskudzki e o lendário guitarrista de jazz norte americano Bucky Pizzarelli, de 92 anos.
Natural de Toledo, Ohio, Larry Fuller é considerado como um dos melhores pianistas de mainstream jazz da sua geração. Por anos, acompanhou o lendário contrabaixista Ray Brown, o baterista Jeff Hamilton e o cantor-guitarrista John Pizzarelli. Seu trabalho como pianista e diretor musical com a icônica cantora Ernestine Anderson foi indicado ao Grammy.
Nascido em Paterson, Nova Jersey, Martin Pizzarelli é filho de Bucky Pizzarelli e irmão mais novo de John Pizzarelli. Martin viajou o mundo ao lado do irmão fazendo parte do John Pizzarelli Trio e do John Pizzarelli Quarteto por décadas. O contrabaixista coleciona dezenas de discos gravados, a maioria na companhia de pianistas como Larry Fuller e Ray Kennedy. Seu estilo de tocar contrabaixo frequentemente é comparado aos seus ídolos Milton Hinton e Ray Brown.
Ricardo Baldacci é natural de São Paulo e, em sua jovem carreira, tem dois discos lançados e apresentações nos EUA, Suécia, Paraguai e Argentina. No projeto Spot on Swing, Baldacci tem a chance de cantar e tocar lado a lado com alguns dos seus maiores ídolos.

Anúncios